fbpx

ANP libera estoque mínimo de anidro para atender demanda por combustíveis

A medida visa a melhor acomodação entre oferta e demanda no mercado de etanol anidro, bem como a redução de custos regulatórios

Foto: Divulgação

A ANP acaba de anunciar a liberação de estoque mínimo de anidro, em razão da pandemia do coronavírus, com suas consequências na economia e na demanda por combustíveis. A medida visa a melhor acomodação entre oferta e demanda no mercado de etanol anidro, bem como a redução de custos regulatórios que se mostrem desproporcionais no quadro atual de queda abrupta na demanda por gasolina C e seu agravamento nas próximas semanas.

A agência informa aos agentes econômicos de distribuição de combustíveis, produtores, cooperativas de produtores e empresas comercializadoras de etanol, que aplicará o disposto no §14, artigo 3º, combinado com o §12, artigo 10 e com o artigo 12 da Resolução ANP n°67/2011.

LEIA MAIS > Chuvas regulares permitem oferta de 600 milhões de toneladas de cana na 2020/21, prevê Czarnikow

Tais normativos estabelecem que a ANP poderá, de forma motivada pelo agente, em função da variação de demanda em seu mercado de atuação, de caso fortuito, de força maior ou de problemas, homologar estoques e contratação de volumes de etanol anidro combustível inferiores ao previstos na referida resolução, sem que o agente econômico sofra qualquer tipo de penalização administrativa.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X