Volume negociado de CBIOs já representa 52,72% da meta de aquisição total para 2022

Resultado se deve à maior venda de etanol por parte dos produtores

No mês de maio os produtores de etanol emitiram um total de 2,63 milhões de CBios. Esse volume de emissão representa o maior valor registrado nos últimos 20 meses.

O resultado se deve à maior venda de etanol por parte dos produtores, especialmente na segunda quinzena de maio, segundo informações da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Dados da B3 a respeito do volume negociado e posse de créditos de descarbonização mostram que, até o dia 08 de junho, a parte obrigada do programa RenovaBio já adquiriu, em 2022, cerca de 19,36 milhões de créditos de descarbonização.  Esse volume representa 52,72% da meta de aquisição total para o ano corrente.

LEIA MAIS > Safra de cana no Centro-Sul acumula 107 milhões de toneladas

O diretor da UNICA Antonio de Padua Rodrigues, comenta que “com apenas dois meses desde o início da safra 2022/23, o volume de CBios em mãos das distribuidoras já corresponde a mais da metade da meta anual de descarbonização. Não há dúvida de que, mais uma vez, os produtores de biocombustíveis deverão garantir oferta suficiente de créditos para que o compromisso com as metas e uma matriz de transporte mais limpa seja possível”.

 

 

Cbios