VBP da agropecuária indica R$ 1,227 trilhão em receitas para 2021

Da cana é 3,1% maior do que o realizado em 2020

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) informou que o Valor Bruto da Produção (VBP) da Agropecuária deve atingir R$ 1,227 trilhão em 2021. O VBP é o faturamento bruto dentro dos estabelecimentos rurais, considerando as produções agrícolas e pecuárias, e a média de preços recebidos pelos produtores de todo o país. A projeção foi feita com dados até junho para as estimativas agrícolas e pecuárias, e também para os preços.

Em valores reais, deflacionados a partir do IGP-DI de junho, o VBP de 2021 deverá crescer 11,9% em relação à 2020 (R$ 1,096 trilhão). A soja e o milho seguem sendo os maiores responsáveis pelos bons resultados. Os dois grãos contribuem com cerca de 45% do VBP total da Agropecuária, e a alta nos preços em 2021 alavancou as projeções. Os preços médios da soja em 2021 estão 18,3% acima do observado em 2020. Para o milho a alta é ainda maior, chegando em 27,3%.

No ramo agrícola, o VBP deverá crescer 13,7% em relação ao último ano, alcançando R$ 806 bilhões. A alta é resultado do aumento nos preços das principais commodities nos mercados internacionais. A projeção, porém, recuou quando comparada com o último mês. Em junho, o VBP agrícola projetado era de R$ 817 bilhões. Essa queda de 1,4% se deve, principalmente, à redução na estimativa de produção de várias culturas, em especial o milho.

LEIA MAIS >  LGPD no agronegócio: a partir de 1° de agosto empresas podem ser multadas

Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), a estimativa de produção de milho caiu mais de 15 milhões de toneladas desde a primeira projeção. Poucas chuvas e o atraso no plantio prejudicaram muito a segunda safra, que está sendo colhida agora. A produção total de milho em 2021 deverá ser 9% abaixo da produção de 2020. No destaque positivo, o trigo chama atenção com a produção de 2021 sendo 36% maior do que o total colhido em 2020.

No caso da cana-de-açúcar, a projeção do VBP para 2021 é 3,1% maior do que o realizado em 2020, chegando em R$ 68.775 milhões.

cana-de-açúcarVBP