Usina de cana Diana revela previsões da safra 16/17

A usina de cana-de-açúcar Diana Açúcar e Etanol, localizada na cidade de Avanhadava (SP), iniciou a safra 2016/17 em 01/04 com a previsão de moer 1,650 milhão de toneladas de cana-de-açúcar. A moagem supera a da safra 15/16, encerrada em 31/03, na qual o processamento chegou a 1.512,5 milhão de toneladas.
Confira detalhes da Usina Diana: 
1 – A safra 15/16 foi encerrada em 31/03 com uma moagem de 1.512,5 milhão de toneladas, com uma produção de 52,5 milhões de litros de etanol total entre anidro e hidratado, mais 74 mil toneladas de açúcar VHP
 
2 – A usina entra em sua trigésima safra, na 16/17, iniciada em 01/04 e cujo Plano de Safra prevê moagem de 1,650 milhão de toneladas, para uma produção de 60 milhões de litros de etanol e 112 mil toneladas de açúcar VHP
 
3 – Alterações na estrutura societária da Usina Diana. Na nova estrutura, Leonor Abreu Sodré será substituída na mesma proporcionalidade (25%) pela pessoa jurídica pertencente à Camila e Daniel Junqueira , filhos de Renata Junqueira, detentora dos 75% das cotas restantes
4 – Contratados três novos diretores: Gerson Ferreira, Administrativo/Financeiro; João Roberto Silva de Amaral, Industrial; e Márcio Antonio Nono, Agrícola
5 – Presidência do Conselho de Administração: compartilhada entre Sebastião Muniz de Queiróz (ex-CEO) e Renata Sodré V. E. Junqueira, principal acionista da companhia
6 – O Diretor Executivo (CEO) da companhia é o engenheiro Ricardo Martins Junqueira, ex-presidente do Conselho
 
canacana-de-açúcarRicardo Junqueirasetor sucroenergéticoUsinaUsina Diana