Vereadores proíbem queima da palha em Ribeirão Preto

A Câmara Municipal de Ribeirão Preto, SP, considerada a capital do agronegócio, aprovou projeto que proíbe a queima de palha dos canaviais na cidade, na última sexta-feira, 4 de julho. O projeto prevê multas entre R$ 66,4 mil a R$ 676,7 mil às usinas e aos arrendatários que descumprirem a medida nas zonas rural e urbana.

A pauta provocou discussões entre os parlamentares e depois que os vereadores derrubaram parecer contrário da Comissão de Justiça, dependerá da prefeita Dárcy Vera, analisar o pleito.

A decisão foi derrubada por 12 dos 22 vereadores e em seguida, aprovaram a matéria de autoria dos vereadores Beto Cangussu (PT) e Ricardo Silva (PDT).

Já o relator do projeto na comissão, Maurício Gasparini (PSDB), disse que o projeto não tinha mérito devido a antecipação para 2017, para que o fim da queima da palha. Segundo o político, as fuligens que caem na cidade são da região e deslocam com o vento.

 

 

canafogopalhaqueimaRibeirão Pretoveradores