“Produção de cana é um dos segmentos agrícolas mais inovadores do Brasil”

Afirmação é de Aldo Rebelo, ex-ministro da Defesa e ex-deputado federal

“O Brasil não pode aceitar ser réu nas relações das questões ambientais”, ressaltou o ex-ministro da Defesa e ex-deputado federal, Aldo Rebelo, nesta segunda-feira (26), durante o painel “Expansão com Sustentabilidade” da 20a. Conferência Internacional DATAGRO sobre Açúcar e Etanol.

Rebelo defendeu o agronegócio e disse que o setor não é “vilão” da proteção ambiental, embora crimes ambientais existem, e, claro, precisam ser combatidos, “mas o Brasil é o país que mais tem serviços ambientais prestados”, disse. Ele afirmou que a produção de cana-de-açúcar é um dos segmentos agrícolas mais inovadores do Brasil e assegurou que nenhum país tem os trunfos que o :Brasil tem em relação à produção sustentável.

O ex-ministro citou ainda o Código Florestal, aprovado em 2012, do qual foi relator, e disse que a Lei possibilitou fazer o inventário sobre a preservação ambiental, as áreas remanescentes de vegetação nativa e áreas de preservação permanente (APP) e/ou sobre reserva legal através do Cadastro Ambiental Rural (CAR)  dos produtores.

“O produtor rural tem que receber pelo esforço ambiental que faz”, endossou o chefe da Embrapa Territorial, o pesquisador Evaristo de Miranda. “Nós produzimos de forma competitiva e barata com respeito ao meio ambiente.”

LEIA MAIS > Qual será a Usina do Ano em Responsabilidade Socio-empresarial?

O secretário de Floresta e Desenvolvimento Sustentável, do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Joaquim Pereira Leite, destacou o recém-lançado Programa Floresta+, ancorado na lógica de pagamento por serviços ambientais. “Caminhamos para que o monitoramento não será mais apenas para punir, mas sim para remunerar quem protege o meio ambiente. É preciso alinhar políticas de desenvolvimento econômico e ambiental”, disse.

Participou também do painel, o diretor de sustentabilidade da Bayer, Eduardo Bastos, que também reforçou que boas práticas agrícolas e foco em produtividade são levados a sério pelos produtores brasileiros.

Realizada no formato online, a Conferência Internacional DATAGRO, iniciou hoje e vai até a próxima sexta-feira (30), combinando palestras e feira virtual. Na abertura oficial do evento, nesta manhã (26), o ex-presidente da República, Michel Temer, foi homenageado por seu trabalho e liderança para concretização da Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio).

Além do ex-presidente Temer, participaram da cerimônia de abertura o presidente da DATAGRO, Plinio Nastari; e o vice-presidente do Santander, Mario Opice Leão, que destacou o “momento extraordinário”, que vive o agronegócio, que vem gerando riqueza, renda e emprego mesmo em meio à pandemia da Covid-19. “Independentemente do câmbio favorável às exportações, o agro está com uma atividade muito robusta”, disse.

 

 

agronegócioaldo rebeloboas práticas agrícolascadastro ambiental ruralCARcódigo florestalDatagroEmbrapa TerritorialEvaristo de MirandaMichel TemerMinistério do Meio Ambienteprodução sustentávelPrograma Floresta+RenovaBioSustentabilidade
Cometários (0)
Adicione Comentário