Produção de açúcar retraiu 7,48% na última quinzena de agosto

Usinas priorizam fabricação de etanol anidro

Na primeira metade de agosto, 46,84% da cana-de-açúcar foi destinada à produção de açúcar, ante 47,69% registrados na mesma data de 2020. A produção do alimento retraiu 7,48% na última quinzena e atingiu 2,99 milhões de toneladas fabricadas, ante 3,24 milhões de toneladas verificadas em igual período do ano anterior.

O volume fabricado de etanol alcançou 2,22 bilhões de litros na primeira quinzena de agosto. A priorização permanece sendo dada para o etanol anidro, cujo volume produzido foi de 922 milhões de litros, alta de 28,17% em relação a mesma quinzena do último ciclo agrícola. A produção de etanol hidratado registrou 1,3 bilhão de litros fabricados (-16,99%). Do total produzido de biocombustível, 131,96 milhões de litros foram fabricados a partir do milho.

No acumulado desde o início da safra 2021/2022, a produção de açúcar alcançou 21,32 milhões de toneladas, contra 23,05 milhões de toneladas verificadas na mesma data do ciclo 2020/21.  A fabricação acumulada de etanol, por sua vez, totalizou 16,41 bilhões de litros, sendo 6,21 bilhões de litros de etanol anidro e 10,20 bilhões de litros de etanol hidratado. Do total fabricado, 1,16 bilhão de litros do biocombustível foram produzidos a partir do milho.

 

Açúcarbiocombustíveletanol