NovAmérica Agrícola inicia campanha contra incêndios

Companhia conta com um sistema de monitoramento de focos de incêndios por satélite da GMG Ambiental

Como acontece em todo ano, a NovAmérica inicia no mês de maio a campanha “Incêndio é crime, denuncie!”, que faz parte da Operação Corta Fogo e têm como objetivo combater os incêndios em canaviais, que em sua maior parte são incêndios criminosos.

A prevenção e combate ao incêndio acontece por meio de equipes de brigadistas treinados para atuar durante todo o ano, mas o período de junho a outubro se torna o mais preocupante, já que representa o período com maior incidência de incêndios nas áreas de cana-de-açúcar. Com isso, a NovAmérica contará com ações de conscientização e prevenção para inibir o ato criminoso.

Os incêndios nos canaviais podem destruir tudo que está à frente: casas, áreas de vegetação, automóveis e maquinários, além de trazer sérios riscos à saúde da população, dos animais, da nossa flora e fauna. As consequências de um incêndio no canavial ainda vão além, a produtividade da cana também é prejudicada, ocasionando em falhas na brotação e atraso no desenvolvimento fisiológico da cana.

LEIA MAIS > Usina Pitangueiras completa 47 anos apostando no crescimento

Vale lembrar que em 2007 a NovAmérica iniciou o processo de suspensão da queima da cana-de-açúcar, reduzindo drasticamente a prática de queima da cana, até a sua suspensão total, ocorrida em 2014.

Com investimentos na prevenção e combate a incêndios, a NovAmérica conta com um sistema de monitoramento de focos de incêndios por satélite da GMG Ambiental, em que detecta incêndios em poucos minutos e informa a nossa central e também nossos brigadistas.

Como funciona o sistema GMG Ambiental?

Assim que a central recebe o alerta na tela do sistema, os brigadistas também recebem um alerta pelo celular e o sistema também dispara uma ligação para alguns aparelhos de telefone cadastrados para informar o local do incêndio.

Além de trazer as informações de forma ágil, o sistema também conta com um aplicativo que permite o registro das atividades de combate a incêndio no campo, a fiscalização da condição dos aceiros e também permite a simulação da pontuação dada pela Portaria CFA n° 16/2017, que estabelece o nexo de causalidade.

O que a população pode fazer para nos ajudar a combater os incêndios?

Resta a cada um também praticar suas ações de prevenção, não realizando limpeza de terrenos com fogo, não lançando bitucas de cigarro e não provocando atividades que possam gerar fogo ou calor próximo das áreas de cana, além disso, a população pode realizar a denúncia quando perceber qualquer situação suspeita em áreas próximas a incêndios.

 

campanhaincêndiosNovAméricaOperação Corta Fogo