Mais um ministro defende CBIOs para produtores de biomassa

Lideranças pedem mudança na Lei

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, defendeu a correção de uma falha na Lei do RenovaBio, no que se refere a exclusão dos produtores de biomassa para biocombustíveis do recebimento do Crédito de Descarbonização (CBIOs).

O apoio do ministro foi manifestado durante reunião realizada nesta quinta-feira (12), pela Sociedade Nacional da Agricultura (SNA), ocasião na qual participaram autoridades políticas e lideranças do agronegócio.

O pleito foi feito pela Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana) e já conta com apoio da ministra da Agricultura, Tereza Cristina e do ex-ministro de Agricultura, Roberto Rodrigues, que também participou da reunião.

LEIA MAIS >Distribuidoras conseguem liminar para reduzir metas do RenovaBio

A pedido da Feplana e demais entidades nacionais dos setores produtivos de biomassa para biocombustíveis, a exemplo da Prosoja, presidida por Bartolomeu Braz e que participou como palestrante do evento da SNA, o deputado federal Efraim Filho, líder do DEM na Câmara dos Deputados, já apresentou e aguarda os trâmites do Projeto de Lei (PL 3149/20) sobre o assunto.

“Na reunião ontem, o tema foi puxado pelo ex-ministro Roberto Rodrigues. Ele realçou a relevância do RenovaBio, mas classificou como grande falha da lei a exclusão do CBIOs para os produtores de biomassa. E falou que precisa ser ajustada”, diz Alexandre Andrade Lima, presidente da Feplana.

Na sequência, além do presidente da Prosoja referendar a posição do ex-ministro, o próprio ministro de Minas e Energia ratificou o posicionamento. Ele falou que os produtores de biomassa para biocombustíveis devem sim participar também do recebimento de CBIOs.

LEIA MAIS > MME fortalece o RenovaBio em sua manifestação

Um manifesto com todas as entidades nacionais envolvidas chegou a ser até divulgada antes da crise do coronavírus, logo depois que o PL do deputado Efraim Filho foi protocolado. Andrade Lima diz que saiu animado do encontro ontem, diante do apoio também do ministro Bento Albuquerque para este pleito, somando-se a posição favorável que já havia recebido da ministra Tereza.

agronegóciobiocombustíveisbiomassaCbiosfeplanaMinistério Minas e EnergiaRenovaBioSNA
Cometários (0)
Adicione Comentário