Investir em biopotentes aumenta a produtividade e reduz custo

Robson e Alan, pesquisadores do laboratório

Fontes de mercado afirmam que a utilização de soluções biológicas crescem cerca de 20% ao ano. Atento a esta fatia de mercado o Laboratório Farroupilha — unidade de negócio da divisão Plant Care, do grupo canadense Lallemand, fechou uma parceria com a BUG Agentes Biológicos para oferecer aos produtores de cana-de-açúcar um portfólio de soluções que garantem elevar a produtividade da planta através do manejo de pragas e doenças de forma sustentável.

O gerente de pesquisa e desenvolvimento do Laboratório Farroupilha — Lallemand, doutor Alan Pomella, explica que para aumentar a produtividade é preciso estruturar o tripé de desenvolvimento da cana investindo em três pilares: saúde do solo, resistência a pragas e doenças, e performance da própria planta.

Ensaios feitos pela empresa, em parceria com pesquisadores de universidades e gestores agrícolas de usinas, confirmaram um aumento de perfilhamento de até 25% e na produtividade de até 32% por tonelada de cana através do uso de produtos definidos pela empresa como biopotentes.

Leia matéria completa, clicando aqui.

Biopotentescontrole biológicoLaboratório Farroupilha Lalleman