Ingenio Leales investe em modernização tecnológica

O sistema BAR Bio, grande inovação do #ISSCT2019, foi desenvolvido no Ingenio Leales

Última usina instalada na província de Tucumán, Argentina, no ano de 1936, com capacidade de produzir 50.000 ton de açúcar por safra, o Ingenio Leales passa por um amplo processo de modernização tecnológica nas áreas agrícola e industrial. Hoje, a usina, de propriedade do Grupo Budeguer, tem uma moagem de 1,2 milhão de toneladas por safra, produz açúcar refinado, álcool e energia elétrica, exportando parte da energia produzida.

O Leales destaca-se com ações voltadas ao meio ambiente, tais como planta de compostagem, concentração de vinhaça e melhoramento de consumo energético, além de ações de responsabilidade social junto à comunidade. Fomos muito bem recebidos no Ingenio Leales por seu gerente industrial Jorge Melián e seu corpo técnico, aos quais foram apresentadas as funcionalidades do S-PAA, sistema de gestão industrial avançada que faz a otimização em tempo real da planta industrial, atuando em laços fechados nas malhas de controles existentes e em laços abertos rodando o PDCA Online.

Jorge Melián, gerente industrial; Sebastián Grassi,
chefe do escritório técnico; Martín Vera, chefe de
caldeiras; Eugenia Rossi, chefe de laboratório; Jorge
Nachef, chefe de higiene e segurança; Pablo Muguer, supervisor de instrumentos e Osvaldo Martínez, gerente de destilaria

Entusiasticamente, a equipe abraçou a ideia de avançar com os estudos para a implantação do sistema, inserindo assim o Ingenio Leales na era da Usina 4.0. Para Melián, o S-PAA é uma ferramenta inédita que não carece de muitas contas para entender o seu valor. “Só de atuar de forma preditiva e global na planta, padronizando e estabilizando a operação, fica fácil calcular os benefícios”, explica.

Confira a matéria na edição 310 do JornalCana – Página 18

Cometários (0)
Adicione Comentário