Copa: bioquerosene abastecerá aeronaves em 200 voos comerciais

Renato Anselmi, de Campinas, SP   

Na terra e no ar, os biocombustíveis terão seu espaço assegurado no evento de futebol mais badalado do mundo. Companhia aérea transportadora oficial da Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo 2014, a Gol se prepara também para realizar cerca de 200 voos comerciais entre as cidades-sede durante o evento, a partir de 12 de junho, com aeronaves que serão abastecidas com bioquerosene adicionada ao combustível comum. Deverá ser usado até 10% do produto sustentável nesses voos.

Em 2012, durante a Rio+20, a empresa operou seu primeiro voo com biocombustível em caráter experimental. No dia do aviador, em 23 de outubro, a Gol fez o primeiro voo comercial, utilizando um Boeing 737-800 no trajeto entre São Paulo e Brasília, que foi abastecido com 25% de biocombustível produzido a partir de óleo de milho não comestível e gorduras residuais. A empresa pretende incorporar o uso de bioquerosene – adicionado a querosene convencional – no abastecimento de suas aeronaves nos próximos anos.

bioqueroseneCopa do Mundovoos