Com nova alta, preço do açúcar no spot de SP supera o da exportação

Atuais patamares dos preços do cristal são os maiores de toda a série histórica do Indicador CEPEA/ESALQ

Na primeira semana de maio, início do segundo mês oficial da safra 2021/22, os preços médios do cristal negociado no mercado spot do estado de São Paulo apresentaram nova alta, recuperando, inclusive, a vantagem sobre as exportações – nas três semanas anteriores, os preços externos operavam acima dos registrados no spot paulista.

Segundo cálculos do Cepea, de 3 a 7 de maio, a média semanal do Indicador de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ foi de R$ 113,89/sc de 50 kg, enquanto o vencimento Jul/21 (contrato nº 11) negociado na Bolsa de Nova York (ICE Futures) foi de R$ 111,33/sc.

LEIA MAIS > Subproduto assegura ascensão do etanol de milho no Brasil

Assim, o spot paulista remunerou 2,3% a mais que as vendas externas – para esse cálculo, foram considerados US$ 42,09/tonelada de fobização, US$ 48,55/t de prêmio de qualidade e R$ 5,3448 de dólar.

Ressalta-se que, em termos nominais, os atuais patamares dos preços do cristal são os maiores de toda a série histórica do Indicador CEPEA/ESALQ.

Segundo colaboradores do Cepea, ainda que este momento seja de colheita de cana, a disponibilidade no spot é pequena, visto que usinas paulistas têm priorizado a entrega de contratos, tanto no mercado interno quanto no externo. Fonte:

AçúcarCepeaexportaçãomercado spot
Cometários (0)
Adicione Comentário