CADE aprova aquisição da Biosev pela Raízen

Conclusão da transação permanece sujeita ao cumprimento de outras condições

A Raízen Energia informou que a negociação para compra da Biosev foi aprovada nesta segunda-feira (1º) pela Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), sem restrições.

‘A decisão só será final depois de transcorrido o prazo de 15 dias contados de sua publicação no Diário Oficial da União, sem que tenha havido recursos ou avocação pelo Tribunal do CADE, nos termos da legislação aplicável”, informa comunicado assinado por Guilherme José de Vasconcelos Cerqueira, vice-presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores da Raízen.

LEIA MAIS > Como as mudanças na Petrobras ameaçam a safra 2021/22

A companhia ressalta, porém, que conforme anteriormente divulgado, a consumação da transação permanece sujeita ao cumprimento de outras condições precedentes, incluindo, dentre outras, a conclusão da reorganização societária da Biosev e a sua reestruturação do endividamento financeiro.

A Raízen afirma ainda que manterá o mercado informado a respeito da consumação das demais condições precedentes e fatos subsequentes relacionados à transação, na forma da lei e da regulamentação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

 

 

 

BiosevCaderaizen
Cometários (0)
Adicione Comentário