Agro goiano tem desempenho expressivo em 2021

VBP deve avançar 15,2% em relação a 2020

A agropecuária goiana deve fechar o balanço de 2021 com desempenho expressivo nos principais indicadores do setor. A estimativa para o Valor Bruto de Produção (VBP) de Goiás é de R$ 97,8 bilhões, número que mantém o Estado na sexta posição entre as unidades federativas, respondendo por 8,8% do VBP nacional.

O resultado representa um crescimento de 15,2% em relação a 2020, conforme os dados divulgados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Na produção estadual de grãos, o encerramento da safra 2020/2021, em setembro, trouxe boas notícias para culturas como soja e arroz. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), houve crescimento de 4,3% na produção da oleaginosa, que saiu de 13,2 milhões de toneladas na safra anterior para 13,7 milhões na safra 20/21.

LEIA MAIS > Etanol para o Brasil, para o Mundo

Outro indicador do bom momento do agro em Goiás é o das exportações. De acordo com o Ministério da Economia, de janeiro a novembro de 2021, Goiás atingiu US$ 6,7 bilhões em vendas externas de produtos do agronegócio (Valor FOB). O resultado é 10,9% maior que o do mesmo período do ano passado.

Em 2021 (janeiro a novembro), o complexo soja encabeçou a lista de produtos mais vendidos por Goiás (60,7%). As carnes vieram em segundo lugar (24,8%). Na terceira posição, o complexo sucroalcooleiro (5,3%). No mesmo período, a China se manteve como maior compradora de produtos goianos, seguida por Tailândia e Holanda.

 

 

 

 

 

 

Açúcaragronegóciocomplexo sucroalcooleirogoiás