Ações pelo meio ambiente dão título à Usina São José da Estiva

Companhia investe no reflorestamento e recuperação de áreas de preservação permanente

A Usina São José da Estiva recebeu o diploma de “Cidadão Consciência Ecológica”, outorgado pela Câmara Municipal de Novo Horizonte (SP) por suas ações para o reflorestamento, proposta pelo vereador Amilcar Raphe.

A entrega do reconhecimento aconteceu em sessão solene, realizada no dia 15 de dezembro e a empresa foi representada pelo gerente de Área Agrícola, Clézio Menandro, e pelo supervisor de Sistematização e Topografia, Marcelo Pereira.

Além de produzir açúcar, etanol e energia de fonte renovável, a Usina Estiva trabalha pela preservação da flora e fauna regionais há vários anos, investindo para o reflorestamento e recuperação de áreas de preservação permanente e de mananciais em todas as cidades onde atua. Também tem forte presença na prevenção de incêndios, uma das principais causas de destruição da mata nativa, com o trabalho perene de sua Brigada Florestal.

LEIA MAIS > FAESP dialoga com governo de SP para reverter impacto do ajuste fiscal no agro

“Entendemos que é preciso fazer com que a mata nativa seja recuperada, preservando assim a vida animal das espécies que vivem na nossa região, e também atuar fortemente para prevenir e combater incêndio em nossas matas, por isso o trabalho da nossa Brigada junto ao PAM – Plano de Auxílio Mútuo -, é tão importante”, destacou Menandro.

Nos últimos 20 anos, a Estiva já plantou mais de 450 mil árvores, nativas e frutíferas. Todas as mudas – ipês, embaúbas, jatobás, jabuticabeiras, sibipirunas, jacarandás, lobeiras, dentre outras -, são produzidas pelo próprio viveiro da empresa, com capacidade para produzir mais de 50 mil mudas ao ano.

 

Meio AmbienteUsina São José da Estiva
Cometários (0)
Adicione Comentário