81º Leilão de Biodiesel da ANP negocia 1,29 bilhão de litros

O valor total negociado atingiu o patamar de R$ 7,32 bilhões

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou que no 81º Leilão de Biodiesel foram arrematados 1.293.587.000 litros de biodiesel para atendimento à mistura obrigatória.

“Não houve arremates para mistura voluntária. Todo esse volume foi oriundo de produtores detentores do Selo Biocombustível Social”, afirmou.

O preço médio de negociação foi de R$ 5,658/L, sem considerar a margem da adquirente. O valor total negociado atingiu o patamar de R$ 7,32 bilhões, refletindo um deságio médio de 27,6% quando comparado com a média ponderada dos “Preços Máximos de Referência” regionais (R$ 7,811/L).

A etapa de apresentação das ofertas para atendimento à mistura obrigatória ocorreu em 9/8/2021, com 45 produtores disponibilizando um volume total de 1.534.960.000 litros de biodiesel.

Em continuidade ao processo do Leilão de Biodiesel, na primeira etapa de seleção de ofertas, realizada no dia 10/8/2021, foram arrematados 80.641.000 litros de biodiesel, volume esse oriundo exclusivamente de produtores de pequeno porte detentores de Selo Biocombustível Social, representando 60,1% do volume ofertado por esses produtores e 5,3% do total ofertado no Leilão.

Na segunda etapa de seleção de ofertas, realizada nos dias 11 e 12/8/2021, foram arrematados 1.071.454.000 litros de biodiesel, oriundos exclusivamente de produtores detentores de Selo Biocombustível Social, representando 69,8% do volume total ofertado no Leilão.

LEIA MAIS >  Tereos mostra metodologia e tecnologia que reduz consumo de vapor e aumenta receita

Na terceira etapa de seleção de ofertas, realizada em 13/8/2021, foram arrematados 141.492.000 litros, representando em torno de 9,2% do total ofertado no Leilão.

O processo de apresentação de ofertas de biodiesel pelas usinas e de seleção pelos distribuidores para mistura voluntária ocorreu no dia 17/8/2021. Foram disponibilizados 29.500.000 litros, sendo 100% de produtores detentores do Selo Biocombustível Social. Este volume representou 12,2% do saldo total de oferta não vendida para fins de adição obrigatória. Nessa etapa não houve nenhuma negociação efetivada.

De acordo com a ANP, os Leilões de Biodiesel destinam-se a atender a Lei nº 13.263, de 23 de março 2016, e a Resolução CNPE nº 16, de 29 de outubro de 2018, para implementação do cronograma de evolução da adição obrigatória de biodiesel ao óleo diesel vendido ao consumidor final e a garantir o abastecimento de biodiesel no mercado nacional durante o período de 1º de setembro a 31 de outubro de 2021.

 

biodieselleilãoóleo diesel