JornalCana

Alta para o açúcar em NY

Em New York, a quarta-feira foi bastante agitada com fundos e trade houses atuando no mercado, segundo os especialistas da Hencorp Commcor.

Os analistas afirmam que o dia terminou em alta com boa compra por parte de trade houses durante quase todo o pregão. O MR5 encerrou o dia com 9 pontos de alta, cotado a US$ 8,60 centavos enquanto o MA5 fechou a US$ 8,72 centavos, ganhando 8 pts em relação ao último dia. O MR5 abriu o dia um pouco pressionado pelos números de Londres,

e com isso, vendas de fundos e locais derrubaram o MR5 até a mínima do dia, a US$ 8,45 cents, fechando o pequeno gap que ainda

existia entre US$ 8,50 e US$ 8,49 centavos. Neste nível, o MR5 encontro bom suporte, já que, a US$ 8,45 centavos se encontrava a média móvel exponencial de 100 dias. Além disso, compras de trade houses deram suporte aos preços, fazendo com que o MR5 subisse rapidamente marcando a máxima do dia com a lb cotada a US$ 8,63 centavos. O fechamento foi muito bom, podendo impulsionar o MR5 ainda mais para cima. O spread MR5/MA5 trabalhou entre 12 e 15 pts com o MA5 acima e fechou a 12 pts.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram