JornalCana

Agronegócio defende fim dos subsídios à exportação

Durante reunião realizada ontem com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, o Fórum Permanente de Negociações Agrícolas Internacionais, integrado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Associação Brasileira do Agribusiness (Abag) e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), defendeu uma negociação global mais agressiva de todas as cadeias do agronegócio (bens agrícolas e seus insumos), a eliminação imediata dos subsídios domésticos à exportação, além do cumprimento dos prazos de oferta nas negociações agrícolas da Área de Livre Comércio das Américas (Alca) e do Acordo Mercosul-União Européia (UE).

“Não podemos aceitar apenas a redução de tarifas e o acesso a mercados sem a eliminação imediata dos subsídios e o disciplinamento das medidas distorcivas. É uma condição tanto para a Alca quanto para a UE”, diz Gilman Viana Rodrigues, coordenador-geral do Fórum e vice-presidente da CNA.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram