fbpx

Agrocana receberá edição comemorativa de máquinas da Santal

Ao completar 50 anos em 2010, a Santal apresentará na Fenasucro & Agrocana, a edição comemorativa de suas máquinas que contará com uma colhedora de cana Santal Tandem SII, duas carregadoras de cana e dois transbordos, que originalmente são laranja ou verde, nas cores dourada e preta.

Alguns destes equipamentos estarão expostos no estande da empresa na feira. Outro destaque da empresa no evento será o resultado que a colhedora de cana-de-açúcar Santal Tandem SII apresentou em campo desde que foi lançada, há um ano, na Agrocana 2009.

A máquina, com projeto inovador e capacidade de colheita em todo tipo de canavial, tem vários diferenciais como: cabine segura e confortável, frentes intercambiáveis, caixa principal com 5 saídas e motor diesel 12 litros 1800rpm, segundo a empresa.

O motor, desenvolvido para atender as mais severas e diversas aplicações, é uma exclusividade da Santal Tandem SII no mercado e proporciona o ponto ideal de consumo e torque com rotação de trabalho de 1800rpm. “Este motor garantiu alta performance com baixo custo operacional para nossos clientes, com consumo de combustível muito menor do que o da concorrência (aproximadamente 30%). Outros pontos fortes da máquina, comprovados em campo, foram: aumento da capacidade de produção, menor dano às gemas e durabilidade até cinco vezes maior do que os outros equipamentos disponíveis no mercado”, afirma Arnaldo Adams Ribeiro Pinto, presidente da empresa.

A Tandem SII também é a primeira máquina do mercado projetada para atender colheitas em todos os espaçamentos existentes (1,40m, 1,50m, 1,0m e 1,10m através das frentes intercambiáveis). Outra característica exclusiva desta máquina é o sistema tandem de tração (6 x 4). “Este sistema proporciona maior estabilidade na colheita, com capacidade de copiar o solo e os pneus de alta flutuação, garantem baixa compactação na área e baixos danos nas soqueiras – 50% menor que o sistema de pneu convencional. O sistema tandem permite ao equipamento um deslocamento de até 26 km/h, inclusive em asfalto, e tráfego em rampa de até 15% de inclinação, locomoções estas realizadas sem a necessidade de caminhão prancha. Outra vantagem é seu baixo custo de manutenção, e excelente estabilidade”, afirma o presidente.

Colheita de Mudas – A colhedora oferece um opcional específico para a colheita de mudas: o kit mudas. Através de fácil substituição, é possível transformar o equipamento para colheita de muda ou colheita industrial. O kit mudas é um sistema patenteado no qual todos os pontos de contato da cana com a máquina são protegidos por borracha, minimizando o atrito e aumentando a proteção às gemas.

A Santal é a única empresa a oferecer um sistema completo de mecanização agrícola para as lavouras de cana-de-açúcar. O sistema de mecanização Santal inclui Plantadora de Cana Picada (PCP2L), Colhedora Santal Tandem SII (Industrial e Mudas) e os Veículos de Transbordo (de 6 a 13 toneladas de carga), que têm como grande diferencial o menor peso e a maior resistência do mercado. Outro produto Santal em exposição na Agrocana será carregadora de cana-de-açúcar CMP Master Santal, que é líder mundial na categoria. O equipamento tem como função carregar a cana cortada manualmente e colocá-la nos caminhões e reboques canavieiros.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X