JornalCana

Agro é um dos principais doadores do Hospital de Amor, que possui déficit de R$ 44 milhões mensais

Usinas e produtores fazem a doação de energia e de percentual da venda de cana

O Hospital de Amor de Barretos, um dos maiores centros de tratamento oncológico da América Latina, é responsável por atender, anualmente, mais de 280 mil pacientes de todo o Brasil e de países vizinhos, de forma humanizada e 100% gratuita.

No entanto, a instituição enfrenta um déficit operacional mensal de R$ 44 milhões, o que representa R$ 528 milhões por ano, pois, do gasto atual por mês, de R$ 60 milhões, o SUS repassa em torno de R$ 16 milhões, sendo esse déficit coberto por doações voluntárias, emendas parlamentares, renúncia fiscal do imposto de renda, shows e leilões de gado de corte.

Segundo o diretor voluntário do hospital, José Rubens de Carvalho, conhecido por Rubikinho, o agronegócio é o maior doador do hospital, principalmente a pecuária de corte, representando 80% das doações de pequenos pecuaristas, por meio de cerca de 800 leilões realizados anualmente.

LEIA MAIS > Ministro anuncia proposta para aumentar teor de etanol na gasolina para 30%

José Rubens de Carvalho, conhecido por Rubikinho

Rubikinho informa que o agro contribui por meio de duas importantes iniciativas: o Projeto Agro Contra o Câncer e o Projeto Energia do Bem, que mobilizam os produtores rurais de diversas cadeias produtivas a colaborar com a causa do Hospital de Amor.

No ano de 2020, as doações repassadas ao hospital pelo Projeto Agro Contra o Câncer totalizaram o valor de R$ 6.800,00 – diminuíram devido à pandemia; já no ano de 2021, o valor total foi de R$ 256.898,48 e, em 2022, as doações chegaram ao valor de R$ 246.162,79.

Já pelo Projeto Energia do Bem, as usinas doam energia para o hospital, sendo que, em 2020, essa doação representou R$ 74.400,00. No ano de 2021, o valor total foi de R$ 1.258.330,00 e, em 2022, as doações totalizaram R$ 1.130.962,72.

Adecoagro, COCAL, COFCO, Colorado, Estiva, Ipiranga, Santa Isabel, São Martinho, Tereos e Viralcool são as usinas que participam do Projeto Energia do Bem. As usinas São Martinho, Pedra Agroindustrial, Biosev e Guaíra participam do Projeto Agro Contra o Câncer.

LEIA MAIS > Usina do Bem investe em crianças em um dos maiores campos de refugiados do mundo

Henrique Prata

“A união entre a instituição e o agronegócio pode mudar a vida de várias pessoas que sofrem com a doença no Brasil. O Hospital de Amor conta com o apoio de diversas empresas e doadores para continuar a sua importante missão de levar saúde de qualidade para todos os seus pacientes”, afirma o diretor, que tem participado de eventos do setor para tentar engajar mais doadores nesses programas e, assim, garantir a sustentabilidade financeira do hospital, que completou, no último dia 24 de março, 61 anos de história.

Rubikinho explica que, além da doação da energia, as empresas ou produtores de cana podem fazer a doação de 10 centavos de real por tonelada de cana produzida e comercializada.

Outras iniciativas também contribuem para o hospital, como o jantar beneficente realizado pela Copercana, com o apoio da Canaoeste e da Sicoob Cocred. Neste ano, o evento chegou à 15ª edição, sendo realizado no dia 6 de abril, com a apresentação dos cantores Edson & Hudson e Gian & Giovani, reunindo mais de duas mil pessoas no Centro de Eventos Copercana “Manoel Carlos de Azevedo Ortolan”, em Sertãozinho – SP.

LEIA MAIS > Centro de Eventos Copercana recebe shows solidários

Antonio Eduardo Tonielo ressaltou a importância da iniciativa em prol do hospital

O gesto de amor e solidariedade da família Copercana, principalmente do presidente do Conselho de Administração da cooperativa, Antonio Eduardo Tonielo, foi destacado pelo presidente do hospital, Henrique Prata.

“Foi o primeiro lugar que abriu as portas e deu esse exemplo e, hoje, nós temos mais de 20 shows como esse que contribuem com o hospital”, afirmou Prata, elogiando o exemplo da iniciativa capitaneada por Tonielo.

“Eu tenho uma admiração e respeito muito grande por ele e, depois dessa iniciativa, ele contaminou muitos empresários, que são muito ocupados e não têm tempo para pensar como ajudar. Porque dar o dinheiro é a coisa mais simples, problema é reunir, comprometer e aqui está o exemplo, talvez seja o mais importante desse ato”, ressaltou.

Tonielo agradeceu a todos, principalmente aos parceiros, fornecedores, amigos e aos cantores pelo apoio em prol de tão significante iniciativa da Copercana, que comemora neste mês de maio, 60 anos de atuação. “Tenho certeza de que a Copercana irá continuar a fazer este evento, mesmo quando eu não puder mais participar. É importante que a gente prestigie o Hospital de Amor, que atende todo mundo sem diferença”.

LEIA MAIS > Bevap Bioenergia promove concursos para seus colaboradores e estudantes em escolas de Brasilândia de Minas

Cantores Edson & Hudson e Gian & Giovani participaram da 15a edição do jantar beneficente (Divulgação)

Na ocasião, o empresário fez uma homenagem e entregou um buquê de flores a Ivone Aparecida Silva Rubis, técnica em nutrição e dietética e funcionária da Usina Santa Inês, pela sua história de vida e luta contra um câncer descoberto há dois anos. Hoje, a doença está controlada, mas o tratamento continua no Hospital de Amor.

“O agro é o esteio, é a âncora do hospital. O agro é o Brasil, é o Hospital de Amor”, conclui Henrique Prata, agradecendo a todos que contribuem.

Se você deseja também participar dos projetos e receber mais informações, basta ligar para: (17) 3321-6600, ramal 6624, ou enviar um e-mail para: rubikinho@hcancerbarretos.com.br.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram