Cana-de-Açúcar

Faesp divulga nota de apoio à revisão do Consecana

O presidente da Faesp, Titrso Meirelles, reiterou na manhã desta sexta-feira (17) seu apoio à revisão do Consecana...

Faesp divulga nota de apoio à revisão do Consecana

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp), Titrso Meirelles, reiterou na manhã desta sexta-feira (17) seu apoio à revisão do Conselho de Produtores de Cana-de-açúcar, Açúcar e Etanol do Estado de São Paulo (Consecana), criado em 1998.

Em nota enviada à imprensa, Meirelles ressalta que a atualização prevista não foi realizada e os fornecedores estão sendo prejudicados com essa protelação, considerando que a defasagem em termos de remuneração é notória, pela não consideração de novas e relevantes fontes de receita.

Confira a nota na íntegra:

Desde a desregulamentação do setor e início de suas atividades em 1998, o Conselho de Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Etanol do Estado de São Paulo – Consecana tem contribuído acentuadamente para o desenvolvimento da cadeia sucroenergética, notadamente pela harmonização das relações comerciais entre usinas e fornecedores.

Com tecnologia, novos produtos e ganhos de eficiência, o setor evolui no campo e na indústria, modificando os parâmetros técnicos e os pesos dos segmentos no modelo de referência de preços. Não por acaso, o regulamento do Consecana incorpora a necessidade de atualização dos aspectos técnicos e econômicos, prevendo a revisão formal dos seus parâmetros a cada cinco anos.

Ocorre que a atualização prevista não foi realizada e os fornecedores estão sendo prejudicados com essa protelação, considerando que a defasagem em termos de remuneração é notória, pela não consideração de novas e relevantes fontes de receita.

Com o intuito de aprimorar o modelo, indústria e fornecedores acordaram em contratar uma empresa, universidade ou instituto para conduzir os estudos, assim como concordaram em deliberar pela revisão dos parâmetros técnicos e econômicos do Consecana até 30 de junho de 2024. Até o momento, lamentavelmente, não houve a contratação da empresa que conduzirá os estudos técnicos e tampouco houve avançou na revisão dos parâmetros.

A Faesp apoia fortemente a revisão do Consecana, medida recorrentemente reivindicada pelos produtores rurais paulistas e por esta entidade. Esperamos que as negociações prosperem com transparência, harmonia e pragmatismo, para que ainda nesta safra 2024/25 o modelo de remuneração seja atualizado e balize a comercialização de cana-de-açúcar na cadeia sucroenergética.

Fornecedores e indústrias são mutuamente dependentes e é premente progredir nessa pauta, sem retrocessos que prejudiquem os fornecedores, que precisam ser adequadamente reconhecidos e remunerados por sua contribuição à agregação de valor nessa importante cadeia produtiva.

Na expectativa que as negociações avancem rapidamente e que os impasses sejam superados entre as partes envolvidas, a Faesp manifesta apoio à Orplana e reitera a importância da missão do Consecana como instrumento de conciliação e indução do desenvolvimento do segmento sucroenergético.

Banner Revistas Mobile