fbpx

Açúcar: nova queda no país

Os preços futuros do açúcar fecharam em alta ontem, impulsionados pelas compras dos fundos, atingindo a maior cotação dos últimos dois meses. Os contratos para maio encerraram o dia a 6,15 centavos de dólar por libra-peso, na bolsa de Nova York, com aumento de 2% (ou 15 pontos), sobre o pregão anterior.

Segundo Júlio Maria Martins Borges, diretor da Job Economia e Planejamento, os preços ganharam suporte na bolsa de Londres com a menor oferta de açúcar refinado, o que se reflete em Nova York. Para a Fimat Futures, os atuais aumentos refletem as compras técnicas.

“Os países de origem aproveitaram as recentes altas para venderem”, disse o analista Fernando Martins. No mercado interno, o índice Cepea/Esalq para a saca de 50 quilos fechou a R$ 18,02, com alta de 0,9%.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X