fbpx

Açúcar: faturamento das cooperativas paulistas cai 4%

O complexo álcool-açúcar manteve o Estado de São Paulo no topo das exportações das cooperativas brasileiras, apesar do faturamento ter sofrido uma variação negativa em 4% na comparação 2006-2007. De janeiro a dezembro do ano passado, as cooperativas paulistas exportaram US$ FOB 1,07 bilhão, frente aos US$ FOB 1,1 bilhão de 2006. No entanto, houve um aumento no volume em 12,7%, passando de 3,1 milhões de toneladas para 3,5 milhões de toneladas em 2007.

“A variação negativa no faturamento das cooperativas paulistas é explicada pela queda na cotação do açúcar. Para 2008, este quadro deve ser revertido e as cooperativas paulistas voltarão a ter um equilíbrio entre o volume exportado e o retorno financeiro destas movimentações”, explica o presidente da Ocesp (Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo), Edivaldo Del Grande. O Estado paulista representa 32% do montante exportado pelas cooperativas brasileiras, que alcançaram US$ FOB 3,3 bilhões e 8,12 milhões de toneladas em 2007.

O Paraná foi o segundo Estado do ranking, com exportações de US$ FOB 1,052 bilhão, lideradas pela carne. Já o terceiro lugar foi ocupado por Minas Gerais, que exportou US$ FOB 357 milhões, puxadas pelo café. As exportações das cooperativas de Santa Catarina, o quarto Estado no ranking, somaram US$ FOB 251 milhões e o produto mais exportado foi a carne.

O açúcar continua como o grande responsável pelo desempenho das exportações das cooperativas brasileiras, apesar de também ter sofrido uma variação negativa de 13% em relação a 2006: foram exportados US$ FOB 600 milhões, contra os US$ FOB 690 milhões do ano anterior. Em relação ao volume embarcado, houve um aumento de 18,4% (2,4 milhões de toneladas, enquanto em 2006 foram exportadas 2 milhões de toneladas). O produto representou 18% do valor total conseguido com as exportações.

Já a soja, em seguida no ranking das exportações, representa 15%do total exportado e teve um aumento de 40% do total exportado na comparação 2006/2007: foram exportados US$ FOB 495 milhões no ano passado e US$ FOB 353 milhões. Em toneladas, a variação foi de 12,6%, passando de 1,5 milhões de toneladas para 1,7 milhões de toneladas em 2007.

Os principais destinos dos produtos das cooperativas brasileiras foram Holanda, China, Alemanha, Emirados Árabes, Estados Unidos, Rússia, Japão e Arábia Saudita. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), conforme divulgou a assessoria de comunicação da Ocesp.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X