fbpx

Açúcar: expectativa é de exportação maior e bons preços em 2017

Os números da exportação do açúcar brasileiro em 2016 foram recordes. Segundo uma análise realizada pelo Centro de Estudos em Economia Aplicada (Cepea), de janeiro a dezembro, foram exportadas quase 29 milhões de toneladas do produto, o equivalente a um aumento de 35% em relação a 2015. A melhora nos preços internacionais do açúcar deu novo fôlego ao setor, que espera, para 2017, um aumento ainda maior na exportação.

Para aproveitar o momento, usinas investem para aumentar a oferta do açúcar. Uma empresa no interior de São Paulo, por exemplo, largou a produção exclusiva de xarope para investir no produto. “Nós queremos diversificar cada vez mais e o açúcar é um produto bom, que tem mercado externo e interno, nos proporcionando um crescimento tanto em quantidade de moagem, como no campo também. Vamos plantar mais cana, já que é um produto que remunera melhor”, disse o diretor de usina José Valdir Grenelli.

De acordo com a pesquisadora do Cepea, Heloísa Lee Burniquist, em 2017 os volumes de exportação devem continuar altos, o que deve sustentar a média dos preços praticados em 2016. “Um terço da produção atende ao mercado interno e nós exportamos dois terços. No início do ano, os grandes players do mercado brasileiro já alocaram um volume considerado pra exportação”, falou.

Ainda de acordo com a pesquisadora, será difícil o preço da saca passar dos R$ 100, mas tudo indica que o mercado internacional tenha um preço mais elevado.

As informações são do Canal Rural.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X