JornalCana

Acordo pretende estimular a cogeração de energia nas indústrias de São Paulo

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e a Cogen-SP (Associação Paulista de Cogeração de Energia) assinaram nesta quarta-feira, dia 31 de março, acordo para estimular a cogeração de energia nas indústrias. O objetivo é garantir a oferta de energia para o segmento industrial, caso o novo modelo não consiga atender a demanda de energia.

“A idéia é evitar o risco de falta de energia no futuro”, comentou Pedro Krepel, diretor-adjunto do departamento de Infra-Estrutura da Fiesp, ao participar do workshop “Estratégia para fomento da cogeração de energia no estado de São Paulo”. Para ele, um dos principais pontos é a definição de uma política nacional de gás natural, para que o insumo tenha um preço mais competitivo.

Segundo ele, a concorrência no mercado de gás natural precisa chegar aos consumidores. Lembrando a reserva de gás natural que o país tem com a descoberta da bacia de Santos, Krepel disse que o insumo, no Brasil, custa duas vezes mais do que na Argentina. “O mercado não pode ter a produção e a distribuição nas mãos de uma única empresa, a Petrobrás”, observou.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram