fbpx

Acordo entre governo e produtores fixa preço do álcool anidrido

O governo federal e o setor privado chegaram hoje a um acordo para evitar novos aumentos do preço do álcool combustível. A partir dessa quinta-feira, as usinas passam a vender o preço do álcool anidro a R$ 1,05 o litro, uma redução de 0,03 sobre o valor atual, de R$ 1,08.

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, os produtores garantiram o suprimento e o abastecimento de álcool para o mercado interno e o cumprimento de contratos de exportação durante a entressafra, que termina em maio. Para isso, eles terão que adiantar para março a colheita e a moagem de cana-de-açúcar, mantendo, assim, o nível dos estoques.

As medidas foram anunciadas pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues no final da tarde de hoje, após uma reunião de mais de três horas com representantes do setor sucroalcooleiro.

Para Rodrigues o encontro foi histórico. Ele disse ainda que o governo e os produtores voltarão a se reunir para estabelecer uma política de formação de estoques do álcool combustível, impedindo futuras oscilações de preços.

“Num momento em que há uma demanda crescente por etanol nos mercados interno e externo, fizemos um acordo importante.”

“Vamos trabalhar na montagem de um programa de estocagem do produto”, disse.

Rodrigues destacou ainda que o acordo demonstra a maturidade dos produtores de álcool.

“Embora isso represente algum sacrifício para o setor, os produtos aceitaram fazer algo que é positivo para o Brasil, especialmente para os consumidores”, disse.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X