fbpx

Ações de curto prazo podem melhorar resultados da safra 2015/16

2012-07-16 Industria Cerradinho Bio Sol Arte (2)
Em função da crise, planejamento para a próxima safra é ainda mais importante

Quarenta milhões de toneladas. Esta, segundo a Unica — União da Indústria de Cana-de-Açúcar, será a quantidade de cana perdida nesta safra por conta da forte estiagem e sequência de incêndios na época da colheita. A falta de matéria-prima tem feito com que diversas usinas encerrem já em novembro a safra 2014/15, tornando o planejamento para o próximo ciclo ainda mais importante.

Mas, como ser mais rentável a curto prazo? Como ter melhores resultados, tanto econômico quanto produtivo? Cada empresa tem a própria necessidade e precisa detectar como agir. O tema foi amplamente debatido durante o Fórum Usinas de Alta Performance realizado pela ProCana Brasil no mês de setembro.

Luiz Fernando Abussamra, diretor comercial da Usina Ruette, falou sobre o assunto. “A questão é quantificar os riscos. A maioria das empresas sabem quais pontos precisa melhorar. Agora, como lidar com o problema e quais as consequências que podem surgir, são os desafios. Para se prevenir ou até mesmo combate-lo, é preciso se preparar”, afirmou.

Mais de 20 grupos produtores estiveram reunidos no encontro. Em comum, investimentos em mão de obra, tecnologia e gestão, foram citados como prioridades na busca por melhores resultados. “O mercado é cada vez mais exigente. Produzir cana com excelência não basta. Precisamos de profissionais capacitados em todas as áreas de atuação”, disse Gustavo Villa Gomes, diretor agrícola da Usina Açucareira Guaíra, lembrando que a empresa, mesmo com índices acima da média em termos de produtividade agrícola, precisa se aprimorar em gestão de pessoas.

A matéria completa você acompanha na edição 250 do JornalCana.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X