fbpx
JornalCana

Acionistas da Usina Della Coletta são convocados para assembleia

Os acionistas da Della Coletta Bioenergia S. A. (DCBio), controladora da Usina Della Coletta, estão convocados para assembleia geral ordinária.

Segundo Gabriel Dela Coleta Cana, presidente do Conselho de Administração da controladora da Usina Della Coletta, a assembleia está marcada para a partir das 9h de 23/06. O encontro será realizado na sede social da empresa, na Estrada Municipal Domenico Dalla Coletta, BR/351, km 1,9, no município de Bariri (SP).

Durante a assembleia, os acionistas irão deliberar sobre a seguinte ordem do dia: exame, discussão e votação do relatório da diretoria, do balanço patrimonial e das demonstrações financeiras do exercício encerrado em 31/03/2018.

Mais sobre a usina

Foi em 1953 que os Irmãos Della Coletta instalaram na Fazenda Bom Jesus, município de Cordeirópolis, o primeiro engenho de aguardente da família. A vinda para Bariri se deu 15 anos mais tarde, quando a empresa, em pleno desenvolvimento, necessitava de mais terras para aumentar o cultivo da cana-de-açúcar e sua produção de aguardente.

A Fazenda Monte Alegre ofereceu as condições ideais de expansão que o engenho necessitava. Dessa forma, a propriedade em Cordeirópolis foi vendida e o engenho transferido para Bariri em 1968. A família seguiu produzindo aguardente até 1984.

No ano seguinte, iniciou a instalação da destilaria de etanol hidratado. Diversas mudanças foram necessárias naquele momento, inclusive a substituição da antiga moenda por outra com maior capacidade. A safra de 2000 marcou o início da produção de etanol anidro pela empresa.

Dois anos mais tarde teve início a produção de xarope e no ano seguinte, em 2003, começou a fabricação do açúcar VHP. Em junho de 2009 a empresa mudou sua denominação de Della Coletta Usina de Açúcar e Álcool Ltda para Della Coletta Bioenergia S/A – (DC Bio).

No mesmo ano a empresa recebeu a certificação do ‘Greenergy Biothenol Sustainability Programme’, emitido pela empresa inglesa Greenergy International Ltd. Ele abriu as portas do mercado europeu, em especial o inglês, para o nosso etanol.

Em 2010 foi a vez da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (Environmental Protection Agency – EPA, na sigla em inglês) conceder o registro necessário para que a DC Bio exportasse seu etanol para o maior mercado consumidor do mundo: o norte-americano.

A usina fez parte de um seleto grupo de oito empresas que receberam esse registro em 2010. A cada ano a DC Bio renova seu compromisso de produzir etanol e açúcar de forma sustentável, valorizando o trabalho de cada um de seus colaboradores. DC Bio – levando o nome de Bariri em seus produtos pelo mundo.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram