fbpx

A partir de janeiro, diesel comum terá 5% de biodiesel

A partir da próxima sexta-feira, 1º de janeiro, todo o diesel comercializado no País deverá conter 5% de biodiesel. A obrigatoriedade da mistura, conhecida tecnicamente como “B5”, foi anunciada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em outubro.

Trata-se, na verdade, de uma antecipação, já que, originalmente, a adição de 5% de biodiesel ao diesel comum deveria entrar em vigor somente em 2013. Hoje, está em vigor a mistura de 4%.

A capacidade instalada para produção de biodiesel no Brasil é de 3,6 bilhões de litros. Pelos cálculos do governo, a quantidade é suficiente para atender aos 2,4 bilhões de litros anuais que, estima-se, são necessários para suprir a adição de 5%.

Se por um lado o governo antecipa a adoção de uma mistura mais elevada, por outro o próprio Lula já reclamou, publicamente, dos rumos do programa de biodiesel. No dia 23 de outubr! o, ao ratificar a decisão do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) de iniciar o B5 em janeiro de 2010, Lula queixou-se do fato de a soja ter se tornado a matéria-prima predominante na produção do combustível.

“Nós não temos o direito de ficar dependentes da soja. Será um ledo engano e nós iremos começar a perder politicamente o que ganhamos até agora, porque a soja é alimento, e tem um bilhão de seres humanos passando fome no mundo”, afirmou o presidente na época.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X