fbpx

A consolidação da Bevap Bioenergia

Confira conteúdo da edição de março/2019 do JornalCana sobre a Bevap Bioenergia, cuja unidade, implantada em área de 70 mil hectares em João Pinheiro (MG), que deverá ultrapassar os 3 milhões de toneladas de cana na safra 2019/20.

Um projeto que nasceu com um sonho: desenvolver uma região até então inexpressiva no mapa brasileiro e fazendo surgir um polo de agronegócio com uma área de 70 mil hectares (aproximadamente metade da área da Cidade de São Paulo).

Aproveitando a sinergia dos acionistas, a Planova resolveu ousar e sonhar mais alto: convidou os sócios a embarcarem em uma nova empreitada que todos consideravam loucura, devido ao local isolado e poucas empresas na região.

Após uma intensa busca, o noroeste de Minas Gerais foi escolhido para iniciar esse projeto greenfield, ou seja, tudo começou do zero.

Com capacidade inicial de 3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra, 2019 será um ano histórico para a Bevap. Com muito trabalho, empenho, foco e energia, a meta é ultrapassar a marca de 3 milhões de toneladas de moagem.

Melhor índice de cogeração

A Bevap possui o melhor índice de cogeração de energia por tonelada de cana do Brasil, baseado no conceito de cogeração de energia associado ao de enfardamento de palha e o uso de outras biomassas disponíveis na região como cavaco de madeira, sabugo e palha de milho para gerar energia permitindo, assim, otimizar a produção e exportação de energia limpa para a região 365 dias por ano.

Com visão de futuro, a Bevap já está ampliando a capacidade industrial para 4.5 milhões de toneladas por safra e na área agrícola o crescimento vem dos principais diferenciais da Bevap que são a irrigação em 100% da lavoura, topografia plana, clima e profissionalismo de forma que foi reconhecida a Usina com mais elevado Índice de Produtividade Agrícola de todo o país de acordo com os critérios de apuração do CTC e IDEA, se constituindo assim na ganhadora da Medalha de Ouro como a Campeã Brasileira de Produtividade de cana de açúcar da safra 2018/2019, a Bevap deixou de ser simplesmente uma Usina de cana de açúcar ela é considerada um cluster de Bioenergia.

Clique a seguir para ler o conteúdo da Bevap na íntegra:

parte 1 e 2 e partes 3 e 4

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X