fbpx

4 estratégias de diversificação para as usinas lucrarem na safra 21/22

Especialistas oferecem detalhes, hoje

Mesmo com as perspectivas de bons patamares dos valores de açúcar e de etanol para o próximo ano, as usinas precisam de novas estratégias de diversificação para garantir a sua rentabilidade. Neste sentido, os subprodutos gerados a partir da produção do adoçante e do biocombustível vêm ganhando cada vez mais relevância nos planos de expansão das empresas.

Aliado a isso, a demanda por investimentos ligados à sustentabilidade e às preocupações com as mudanças climáticas – fatos intensificados com a pandemia de Covid-19 – deve ser considerada pelas companhias. Assim, o biogás é um desses subproduto apontado como estratégia de diversificação promissora para a 21/22.

De acordo com levantamento da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), até 2030, o Brasil tem potencial para produzir 43 milhões de metros cúbicos diários de biogás produzido a partir da vinhaça e torta de filtro. O volume representa mais que o dobro do volume de gás natural que o país importa da Bolívia, que chega a 19 milhões de m³/dia.

O biogás pode substituir o GNV e o diesel e sua produção vem crescendo. Segundo dados do Ministério de Minas e Energia, o número de plantas de biogás, gerados também a partir de outras matérias-primas, passaram de 126 em 2015 para 593, este ano.

DESTAQUE > Quais são as estratégias de diversificação mais promissoras para a 21/22

Outro subproduto indicado é o E2G, que já é até usado na indústria de cosméticos e o etanol de milho. Neste caso, já existem 14 usinas produtoras de etanol de milho. Elas são localizadas no Estados de São Paulo, Paraná, Goiás e Mato Grosso, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A expectativa é que sejam produzidos mais de 2,5 milhões do produto nesta safra.

Uma das estratégias de diversificação que vêm sendo apontada como um sucesso é RenovaBio. O programa, que tem um rigoroso processo de certificação e vem sendo considerado um sucesso, garantindo liquidez para as companhias, já tem 232 unidades produtoras credenciadas, somando também os produtores de biodiesel e biometano.

DESTAQUE > Saiba mais sobre o potencial de lucratividade do biogás de cana

A União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (UNICA) informou na última semana, que o número de créditos de carbono (CBios) gerados pelos produtores de biocombustíveis e registrados na B3 já superou a marca dos 13 milhões. Esse valor representa praticamente 90% da meta oficial de títulos de descarbonização prevista para 2020 (14,998 milhões).

O JornalCana promoveu uma oportunidade valiosa para os interessados no assunto. O webinar Etanol de Milho, E2G, Biogás e Outras Estratégias de Diversificação no Mercado Bioenergético reuniu 4 especialistas para um debate exclusivo. Confira:

O evento conta com patrocínio das empresas: 

  • DT Faceum – Aplicativo de Marcação de Ponto por Reconhecimento Facial que está revolucionando o Agronegócio
  • GDT by Pró-Usinas– Reduza os custos e o riscos na gestão de terceiros da sua usina! O software GDT de Gestão de Documentação de Terceiros, totalmente Saas, automatiza o fluxo de auditoria e validações, cabendo aos terceiros a tarefa de alimentar as informações e documentos no sistema.
  • HB Saúde – Humanização e Tecnologia em Saúde
  • Resolv – Com cases bem-sucedidos em diversas usinas, a Resolv inova e passa a oferecer uma completa plataforma de serviços, incluindo facilities, Segurança Patrimonial e de Alimentação.
  • S-PAA Soteica – Software de Otimização em Tempo Real presente em mais de 50 usinas, que maximiza a cogeração e a eficiência industrial, gerando ganhos superiores a R$ 1/tc. Saiba mais no site www.usina40.com.br
  • TECO 2020, a maior conferência da indústria de etanol de milho da América Latina. Conhecimento, network, muita discussão de qualidade e inovação! De 16 a 18 de novembro no site tecoexperience.com

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

11 + quatro =

X