fbpx

10 informações sobre a nova usina de cana da Bahia

Obras estão em andamento

A mais nova usina de cana-de-açúcar da Bahia está com as obras em andamento.

O estado possui usinas de cana de destaque no setor sucroenergético como a Agrovale e a Bahia Ethanol.

Sendo assim, a mais nova usina de cana da Bahia ajuda a consolidar o setor sucroenergético no estado.

De todo modo, JornalCana traz destaques sobre o empreendimento.

Confira 10 informações sobre a nova usina de cana da Bahia a partir de informações divulgadas:

Sérgio Paranhos e o vice-governador da Bahia, João Leite (Foto: Arquivo/Janeiro 2018)

1

Investidor

Quem investe na nova unidade produtora é o grupo Sérgio Paranhos, tradicional criador de gado e de soja

 

2

Investimento 

Juntamente, os investimentos na unidade somam R$ 107 milhões. O valor é citado no protocolo de intenções assinado entre o grupo Sério Paranhos e o governo do estado.

 

3

Onde fica a usina

A nova usina fica no município de Muquém do São Francisco, no Oeste da Bahia, localizado a 723 km de Salvador.

 

4

Capacidade de moagem

Em resumo, a nova usina terá capacidade de processar inicialmente 1,2 milhão de toneladas de cana-de-açúcar, conforme divulgação da Secretaria de Planejamento (Seplan) do governo estadual em janeiro de 2018.

Todavia, esse processamento inicial poderá chegar a 3 milhões de toneladas de cana.

 

5

Produção estimada de etanol 

Juntamente com a moagem, a nova usina focará na produção de etanol, uma vez que o estado é grande produtor de açúcar e só produz 11% do etanol que consome. A nova unidade deverá produzir 19 milhões de litros, sendo metade hidratado e metade anidro.

 

6

E de açúcar

De açúcar, segundo informações divulgadas, a nova unidade iniciará com produção de 1,9 mil sacas.

 

7

Quando devem começar as operações?

De acordo com as divulgações, o início das operações da nova usina está previsto para o segundo semestre de 2020.

 

Complexo alcooleiro

Todavia, a nova unidade dará novo impulso ao projeto de criação de um Complexo Sucroalcooleiro na região do Médio São Francisco.

 

9

Novas usinas

Em resumo, esse Complexo prevê a instalação de um total de 11 usinas que, juntas, serão capazes de fazer a Bahia ser autossuficiente na produção de etanol e açúcar.

 

10

Benefícios fiscais

Por fim, para atrair as novas usinas o governo do estado oferece benefícios fiscais previstos nos programa Desenvolve e Pró Álcool Bahia.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X